A anotação de registro profissional feita na carteira de trabalho do Técnico de Segurança do Trabalho e mais 14 outros profissionais deixou de existir. O registro que era feiro na CPTS (Carteira de Trabalho e Previdência Social) a partir de agora será feito em cartão profissional.

O Ministério do Trabalho e Previdência Social definiu essa mudança que foi publicada no Diário Oficial da União por força da Portaria Nº 89, de 22 de janeiro de 2016.

Todos os trabalhadores que tiverem o seu registro profissional aceito pelo Ministério do Trabalho como acessar o sistema Sirpweb para imprimir o seu cartão. Dessa forma não será mais necessário ir até o posto de atendimento para anotação de registro na carteira de trabalho.

COMO FAZER

Antes de preencher a solicitação via Sirpweb (acesse no link anterior) o interessado deverá agendar data e horário de atendimento em uma das Unidades Regionais do Trabalho e Emprego no SAA (Sistema de Atendimento Agendado) do Ministério.

Em nota o ministério relatou que o objetivo da mudança é “oferecer um atendimento mais moderno e rápido aos profissionais que solicitam o registro, além de aprimorar a segurança das informações e fornecer mecanismos hábeis de comprovação”.

EMISSÃO DO CARTÃO

O site sirpweb mte já dispõe de aba para emissão de cartão de registro profissional, está acessível no link.
http://sirpweb.mte.gov.br/sirpweb/pages/impressoes/emitircartao/profissional/main.seam

Depois do processo pronto basta preencher os dados e será gerado um arquivo em pdf, salve-o e imprima quantas vezes for necessário.

DESEJO ANTIGO

A notícia vai ao encontro do que nossa categoria (Técnico de Segurança do Trabalho) sempre desejou. Em alguns casos colegas de profissão Técnicos de Segurança chegam a se filiar ao CREA só para ter uma carteira profissional decente…

A FENATEST  (Federação Nacional dos Técnicos de Segurança do Trabalho) até faz carteiras profissionais, mas, não tem valor legal algum. A mudança trás finalmente um cartão profissional com valor legal.

ENTENDA O CASO

Desde a revogação da NR 27 em 30.05.2008 pela Portaria MTE 262/2008 nossa categoria tinha apenas um *carimbasso na carteira de trabalho (imagem abaixo) e finalmente isso mudou.

ALTERAÇÕES NAS SEGUINTES PROFISSÕES

O registro profissional é um cadastro do Ministério do Trabalho e Previdência Social. Ele permite que profissionais de quatorze categorias regulamentadas por leis federais ingressem no mercado de trabalho: Agenciador de Propaganda, Arquivista, Artista, Atuário, Guardador e Lavador de Veículos, Jornalista, Publicitário, Radialista, Secretário, Sociólogo, Técnico em Arquivo, Técnico em Espetáculos de Diversões, Técnico de Segurança do Trabalho e Técnico em Secretariado.

TENHO O REGISTRO NA CTPS POSSO FAZER O CARTÃO?

Sim! O sistema permite que imprima seu cartão em poucos passos. Acesse http://sirpweb.mte.gov.br/sirpweb/pages/impressoes/emitircartao/profissional/main.seam

O REGISTRO EM CTPS CONTINUA VALENDO? 

Sim. O antigo carimbasso na CTPS continua valendo.

Sou obrigado a emitir o cartão? Não! Retirar o cartão nesse caso é totalmente opcional.

*Nota: A palavra carimbasso só existe no dicionário do Nestor. Obrigado ?

Essa notícia apareceu também em:

Cartão de registro profissional, obtido pela internet, vai substituir anotação na Carteira de Trabalho

Registro profissional no Ministério do Trabalho será emitido pela internet

Portaria MTPS Nº 89 DE 22/01/2016

 

Fonte: http://segurancadotrabalhonwn.com/registro-do-tecnico-de-seguranca-sera-feito-em-cartao/

One thought on “Registro do Técnico de Segurança será feito em cartão – Alteração

  1. Hélder Henrique Oliveira dos Santos. disse:

    Não estou conseguindo emitir o cartão de técnico de segurança do trabalho.

  2. José Geraldo de Melo disse:

    Boa tarde
    Eu tenho registro profissional na carteira de trabalho desde 1988, e tenho uma carteirinha expedida do Registro profissional em setembro de 1996, mais acredito ter registro no MtE , estou acessando para conferir esse registro coloco os dados solicitados aparece REGISTRO NÃO ENCONTRADO.
    Que pode ter acontecido.?

    Geraldo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *